X

Área Privada


Notícias

Benefícios do Apoio Domiciliário

O Serviço de Apoio Domiciliário (SAD) da Obra Diocesana de Promoção Social (ODPS) é uma resposta social que presta cuidados a pessoas e famílias quando estas, por várias razões, não conseguem assegurar a satisfação das necessidades básicas e as atividades de vida diárias. Esta resposta social implica diagnóstico, tratamento, monitorização, reabilitação e serviços de suporte tendo sempre em vista a autonomia pessoal e procura restaurar, manter e promover o conforto e a qualidade de vida do individuo e da sua família.

A grande vantagem e objetivo deste serviço é permitir conservar a pessoa no lugar que lhe é significativo (domicílio), contribuindo para a manutenção dos seus relacionamentos (família, amigos, vizinhos) e evitando o desenraizamento do ambiente que ela conhece, junto das pessoas que lhe são queridas. O domicílio como espaço de intervenção privilegiado do serviço de SAD é o ponto fulcral da diferenciação das outras respostas sociais que permite à pessoa ter o direito de permanecer na sua casa, se assim o desejar.

Usufruir do Serviço de Apoio Domiciliário em casa significa permitir estar rodeado do que lhe é familiar, significa ter controlo da sua vida, gerir os horários e as suas rotinas diárias, ter a liberdade de ser visitado pela família e amigos a qualquer momento e poder escolher os serviços que quer usufruir, mediante as suas necessidades e interesses.

 

 Benefícios do serviço de Apoio Domiciliário na ODPS:

 

- Possibilidade de usufruir de um conjunto alargado de serviços que poderá ir do apoio à alimentação, a higiene pessoal e habitacional, o tratamento de roupa, cuidados de enfermagem, transporte, aquisição de bens e pagamento de serviços e cedência de ajudas técnicas;

 

- Uma equipa de profissionais com competências técnicas e humanas na prestação dos cuidados;

 

- Usufruir de cuidados personalizados e adaptados às necessidades do individuo, privilegiando a individualidade de cada um;

 

- Possibilidade de beneficiar do serviço de fornecimento e administração da alimentação com ementas adaptadas e adequadas às condições de saúde, elaboradas pela Nutricionista da instituição;

 

- Permitir à família que esteja envolvida e que participe no cuidado diário do individuo;

 

- Conceder aos familiares ajuda e parceria no cuidado do individuo e, ao mesmo tempo, proporcionar oportunidades de descanso dos cuidadores diretos;

 

- Supervisionar e monitorizar o quotidiano do individuo onde há uma vigilância ativa que permite detetar sinais de alarme e mudanças no seu estado geral, prevenindo incidentes evitáveis;

 

- Capacitar o individuo a fazer as coisas por si próprio privilegiando a autonomia e a independência pessoal;

 

- Atenuar o isolamento social e melhorar o bem-estar psicológico com ligações quotidianas significativas, possibilitando a redução de sintomas de depressão e/ou ansiedade.

Voltar